6 dicas simples para montar uma loja de auto peças

Posted by Marketing Onmotor

A ideia de trocar de carro com frequência e ter um carro novo já não é tão interessante assim para os brasileiros. Inclusive, em 2017 houve pouco crescimento da frota de veículos em circulação: apenas 1,37%, em relação ao ano anterior. Isso pode estar relacionado à crise, ao fato de o brasileiro estar preferindo economizar, e abre uma boa oportunidade para quem se pergunta como montar uma auto peças.

O motivo? Significa que as pessoas estão dando prioridade a manter o mesmo veículo por mais tempo, o que vai exigir manutenção e troca de peças. E onde será preciso realizar esse serviço? Exatamente, em uma auto peças.

Apesar disso, é preciso conhecimento na área para montar esse tipo de negócio e ter sucesso. Além de aproveitar a oportunidade de mercado – o fato de que as pessoas estão preferindo manter seus carros por mais tempo –, é preciso também levar em conta algumas dicas para não se perder no meio do caminho.

Confira agora algumas dicas simples sobre como montar uma auto peças:

Como montar uma loja de auto peças?

Para ajudar você que está em dúvida sobre como montar uma auto peças, separamos seis dicas muito úteis:

1- Conheça e estude o mercado

Para ter sucesso com uma loja de auto peças, você precisa conhecer o mercado e entender bem onde estará inserido. Sem conhecimento, as chances de fracasso são altas, mas isso não significa que apenas quem já trabalhou no ramo pode atuar com esse tipo de negócio.

Uma das formas de obter conhecimento sobre auto peças é já tendo trabalhado na área. Mas, se esse não é o seu caso, não se preocupe. O estudo e a pesquisa também ajudam a entender o que será preciso fazer.

Antes de abrir as portas e começar a atender os clientes, você precisará entender de todos os produtos e serviços que pretende vender na sua loja. Em seguida, estude seus principais concorrentes e veja quais clientes se encaixam melhor com aquilo que você pretende oferecer.

Por exemplo, sua auto peças vai atender a todos os tipos de veículos ou apenas os carros de passeio? Isso já muda o perfil de cliente que vai procurar por sua loja.

2- Localização e estrutura

A escolha do local é também importante e depende do seu objetivo, quando se fala em como montar uma auto peças. Por isso, a etapa anterior não deve ser ignorada, pois irá ajudar na escolha da localização e da estrutura.

Quem pretende apenas vender as peças para veículos em geral deve procurar por um local que fique próximo às  oficinas mecânicas, pois elas serão seu principal cliente. Pode até acontecer, mas, dificilmente, o dono do carro, caminhão ou moto irá até a auto peças comprar um item. Geralmente, essa responsabilidade fica a cargo da oficina.

A estrutura do seu negócio não precisará ser grande e deve se adequar à quantidade de peças que você oferecerá para vender.

Agora, se a sua ideia é abrir uma auto peças e uma oficina no mesmo lugar, você já pode apostar em espaços mais distantes de outras oficinas mecânicas e de fácil acesso aos proprietários de veículos. A estrutura aqui precisará ser maior: um espaço dedicado às peças e outro à mecânica.

3 – Equipe de trabalho

A equipe de trabalho é a sua principal aliada, para que tudo funcione conforme o planejado. Fonte da imagem: MH Consult.

Como você deve saber, uma empresa não sobrevive apenas com o seu dono. Você irá precisar contar com outras pessoas, uma equipe de trabalho que vá garantir que tudo funcione perfeitamente.

É indicado buscar por bons funcionários, que entendam de auto peças e possam ajudar os clientes que visitam a sua loja. Pense que são essas pessoas que vão causar uma primeira impressão, principalmente se estiverem responsáveis pelos cargos de vendedor e caixa.

Além do entendimento sobre o que estão vendendo, a simpatia é também essencial para manter os clientes interessados em continuar comprando da sua auto peças. Então não deixe de lado essa parte.

Você pode começar com dois a três funcionários, mas busque por pessoas realmente engajadas e interessadas e se necessário ofereça um treinamento, para que entendam mais sobre o que estão vendendo.

4- Defina quais produtos serão comercializados

Diversidade é essencial para quem está analisando como montar uma auto peças. Quanto mais produtos e serviços você oferecer para seus clientes, maiores as chances de que eles busquem você como primeira opção.

Você pode comercializar filtros de ar, de óleo, de combustível, lubrificantes, peças para o motor, peças de suspensão, de freio, de direção e até produtos como colas e antiferruginosos. Além dos produtos, serviços como calibragem de pneus e troca de óleos também são interessantes e diversificam o que você oferece.

Ainda assim, leve em conta a estrutura que você tem disponível. Não adianta oferecer um monte de produtos e não ter espaço para que os vendedores e clientes circulem na loja ou manter um estoque muito pequeno de tudo. Foque naquilo que é realmente interessante para a sua loja e para quem vai frequentá-la.

5 – Parcerias

As parcerias ajudam a aumentar as vendas e diminuir os custos do seu negócio. Fonte da imagem: magma3.com.br

Você que está pensando em como montar uma auto peças não pode se esquecer das parcerias. Quem tem parceiros de negócio consegue crescer mais rapidamente e ganhar mais visibilidade no mercado.

No caso das lojas de auto peças, o indicado é fechar parcerias com mecânicos e fornecedores. Os primeiros irão indicar sua loja quando alguém desejar comprar peças ou fazer algum serviço rápido. Já com os fornecedores, é possível negociar compras maiores de estoque e prazos mais longos de pagamento, garantindo que você tenha mais dinheiro em caixa.

É possível começar a realizar parcerias antes mesmo de estar de portas abertas. Conheça as oficinas próximas do local em que vai situar sua auto peças, converse com os mecânicos e faça propostas de descontos ou troca de recomendações.

Com os fornecedores, escolha sempre aqueles que oferecem as melhores condições e mantenha uma boa relação com eles, desde a primeira compra. Não tenha medo de negociar, solicite prazos melhores de pagamento ou descontos, e proponha a compra de mais peças ou a exclusividade com apenas esses fornecedores.

6 – Planejamento de finanças e infraestrutura

A gestão financeira da sua loja de auto peças é tão importante quanto qualquer outra situação do seu dia a dia. Se não há atenção a esse aspecto,, é possível haver perdas de dinheiro em curto e médio prazo.

Mesmo sendo um passo crucial, o controle de suas finanças é um processo o qual é possível ser feito por você mesmo, com o auxílio de uma planilha excel ou atravéz de softwers de gestão.

Mantenha um fluxo de caixa detalhado para entender o quanto você está ganhando e o quanto está tendo de gastos. Assim com é importante conseguir ter um controle eficiente do histórico de compras, da quantidade mínima em estoque, etc.

Para que isso ocorra, é recomendado o uso de um bom sistema de gestão, como o da Onmotor.

O programa Onmotor oferece maior facilidade de comunicação com o cliente, além da otimização da gestão de seu negócio.  Ele possibilita a comunicação via SMS ou e-mail, e também permite total controle sobre as vendas, estoque e faturamento.

Tudo isso é feito em tempo real, para que você tenha um acompanhamento eficiente do seu negócio.

Mas, se preferir, conte também com um contador para ajudar na gestão de custos, lucros, compras e tudo o que faz parte do seu negócio. Pense que você terá custos desde o momento em que decidiu iniciar a sua loja de auto peças.

Aluguel da estrutura, reformas, compras para estoque inicial, móveis utilizados na loja, gastos administrativos, água, luz e telefone são alguns exemplos de custos que devem ser monitorados. Você também precisará de um capital de giro, para reinvestir e cobrir períodos de prejuízo.

Você está preparado para abrir a sua loja? Esperamos que essas dicas tenham ajudado você a entender melhor como montar uma auto peças. Continue acompanhando o blog para saber mais sobre esse assunto!

Deixe uma resposta

Whatsapp - 9h às 18h