Passo a passo de como montar uma oficina mecânica sem dor de cabeça

Posted by Marketing Onmotor

Muitas pessoas têm a paixão por carros apenas como um hobby, mas essa paixão pode se tornar algo rentável para quem decide investir e montar uma oficina mecânica. Alguns passos são fundamentais para quem está começando seu próprio negócio e, neste texto, daremos 15 dicas sobre como montar uma oficina mecânica, os processos necessários e o que fazer para não ter dores de cabeça. Confira abaixo!

Como montar uma oficina mecânica?

1 – Planeje

Um bom planejamento é fundamental para não se deparar com surpresas durante a abertura de seu negócio. Planejar envolve muitas coisas, como analisar todo o cenário em que sua oficina estará presente, o momento econômico do país, o mercado como um todo, o público-alvo e os gastos que tudo isso trará.

Uma oficina pode ser algo rentável, pois muitas pessoas têm optado por manter seus veículos por mais tempo devido ao fim dos incentivos fiscais do governo para a aquisição de veículos novos, o que significa que mais veículos precisarão de reparos e manutenção.

2 – Pesquise seu mercado

Entender como funcionam e o que os clientes procuram é essencial ´para o bom funcionamento de seu negócio. Fontes: Google

A melhor maneira de entender o mercado no qual você está entrando é analisar as empresas que já estão presentes nele. Veja, então, como funcionam as oficinas mecânicas de sua região, como elas tendem seus clientes e quais serviços oferecem, pois isso poderá ajudar a identificar coisas que estão em falta e são procuradas por clientes.

Informe-se, também, sobre os valores ofertados por eles para, assim, aliar um bom serviço com um bom preço e conseguir uma posição competitiva.

3 – Conheça seu público

Montar uma oficina mecânica também requer que você conheça o público com o qual lidará. Isso é fundamental para cuidar do espaço em que o receberá, da localização em que instalará seu negócio, os valores que cobrará por seus serviços e como atenderá seus clientes.

Defina se trabalhará com um público de classe mais alta ou mais baixa e qual a idade média das pessoas que serão atendidas. No caso de uma oficina, pesquise qual é a marca de carros preferida por esse público, pois isso o ajudará a saber se sua mecânica fará reparos em carros populares ou de luxo.

4 – Escolha uma boa localização

Uma vez que seu público foi escolhido, agora é hora de pesquisar os lugares onde ele se concentra, ou seja, onde essas pessoas moram, estudam ou trabalham.

Ter um negócio próximo às pessoas que você pretende atender é muito importante, pois isso é um fator de conforto oferecido ao cliente, que o fará procurar por você com mais facilidade. Além disso, é importante que sua oficina tenha boa visibilidade para chamar atenção das pessoas que passarem por ali.

Pesquise os valores de aluguel em avenidas e ruas mais movimentadas do bairro onde deseja atuar.

5 – Tenha a documentação em dia

A parte burocrática é sempre a que requer mais cuidado, pois possui muitos detalhes a serem resolvidos. Não deixe isso para depois, pelo contrário, dê prioridade para resolver a documentação de seu estabelecimento, pois isso garantirá uma operação legal e a isenção de problemas futuros.

Para ter seu empreendimento com tudo em dia, providencie os seguintes documentos:

  • Registro na junta comercial de seu município: esse documento contará com todas as informações de seu negócio, como atividades, endereço, administradores etc;
  • Registro na Secretaria da Receita Federal: necessário para a requisição de seu CNPJ;
  • Registro na Secretaria da Fazenda: aqui você emitirá sua Inscrição Estadual;
  • Registro na Prefeitura do Município: aqui você também poderá habilitar seu negócio para emitir notas fiscais de prestação de serviços;
  • Alvará do Corpo de Bombeiros: um militar visitará as dependências de sua oficina para analisar se o local está de acordo com as condições de segurança pré-determinadas e se não oferece riscos, a partir da aprovação será emitido um alvará de funcionamento.
  • Obtenção de alvará de abertura na prefeitura municipal: sempre é emitido apenas após o alvará do Corpo de Bombeiros, sendo necessário, portanto, levá-lo até a prefeitura para conseguir o segundo alvará.

Caso você considere cuidar desses processos muito complexo ou prefira gastar seu tempo providenciando outras coisas pra sua oficina, sugerimos a contratação de um contador de confiança para cuidar dessa parte burocrática.

6 – Defina um ramo de atuação

Focando em um ramo de atuação e se especializando, as chances de fidelização dos clientes aumenta. Fonte: Guia3Lagoas

Busque sempre referências de serviços de apoio a empreendedores e se concentre em oferecer o melhor serviço disponível de sua empresa, pois isso fará com que você se destaque dos demais concorrentes.

Na área automotiva, você pode se deparar com diversas ramificações, como sistemas de injeção, troca de óleo, balanceamento, alinhamento, mecânica geral e muitos outros. Ao oferecer todos os serviços sem um foco adequado, é possível que seus clientes busquem outros lugares que possuam qualificações em uma determinada área, e  que sejam reconhecidos por isso.

7 – Ofereça um serviço especializado

O mercado automotivo passa por mudanças constantes, trazendo sempre atualizações e novas tecnologias dos mais variados tipos. Por isso é necessário acompanhá-lo e manter sua equipe atualizada para enfrentar as novas necessidades de seus clientes.

Invista em um atendimento personalizado e treine seus funcionários para todas as inovações do mercado. Algo que também está em alta é a adoção de ações de sustentabilidade. Demonstre que sua oficina é uma referência e mostre-se sempre preocupado com as exigências e necessidades de seus clientes.

8 – Preze por uma boa estrutura

Preocupar-se com uma boa estrutura vai muito além de ter um lugar espaçoso e com bons equipamentos. Preocupar-se com a aparência de seu negócio também é importante e pode ser um bom chamariz para novos clientes, pois um lugar arrumado e esteticamente agradável passa uma sensação maior de segurança e confiança para quem busca seus serviços.

Encontre um local com espaço livre para todos os seus equipamentos e maquinário necessário. Planeje sua fachada, pois ela será o primeiro contato das pessoas com sua oficina e lembre-se de montar uma boa estrutura para entrada e saída dos carros.

Limpeza e organização também são fundamentais, principalmente na área de atendimento ao cliente, que será, provavelmente, o segundo contato dele com seu empreendimento, sugerimos a separação de um escritório e uma sala de espera. Nas áreas de trabalho, manter os equipamentos e as ferramentas em ordem garante uma boa otimização de tempo de trabalho.

9 – Invista em bons equipamentos

Equipamentos e tecnologias de ponta podem fazer toda diferença em seu negócio, pois garantirão o oferecimento de serviços eficazes e, também, uma boa aparência e diferenciação de sua oficina para seus clientes.

Esteja atento ao seu estoque, separe sempre um bom espaço para armazenamento de materiais e controle-o constantemente. Adquira apenas equipamentos e materiais com alta rotatividade, principalmente se eles tiverem data de validade.

Alguns equipamentos que têm sido bastante utilizados e são considerados necessários são scanners, duplicadores de vagas, máquinas repuxadoras, elevadores, equipamentos de proteção individual e muitos outros que podem ser consultados em sites especializados no assunto, que oferecem listas completas das ferramentas a serem adquiridas.

10 – Tenha funcionários capacitados

Não adianta ser um bom profissional, mas ser sozinho. Por isso, é importante formar uma equipe em que todos os profissionais sejam de fato bons e que estejam sempre atualizados de acordo com as exigências do mercado automobilístico.

Invista em cursos de especialização ou profissionalizantes para seus funcionários e tenha pessoas que saibam atuar em todas as áreas necessárias, como eletricistas, administradores, funileiros e outros.

11 – Tecnologia automotiva é um bom diferencial

A tecnologia automotiva otimiza os processos, fazendo com que o risco de erros seja menor e a produtividade maior. Fonte: Texaco Lubrificantes.

Todos os processo eletrônicos disponíveis em automóveis atualmente requerem cada vez mais especializações, por isso é necessária a presença de bons equipamentos, como scanners automotivos, que rastreiam e fazem o diagnóstico desses elementos automotivos.

Equipamentos modernos podem otimizar os processos realizados dentro da oficina e facilitar um aumento na produtividade, diminuindo a ocorrência de falhas e problemas. Usar a tecnologia da maneira correta pode ser uma boa maneira de se destacar no mercado e trazer novos clientes para seu negócio.

12 – Foque nos processos oferecidos

Caso você deseje oferecer mais de um tipo de serviço em sua oficina, fique atento ao seu espaço e mantenha-o organizado, segmentando-o, ou seja, defina espaços para cada serviço e pessoas também. Isso garantirá que os trabalhos não se misturem e que os equipamentos utilizados para cada técnica estejam sempre ao alcance de seus responsáveis.

13 – Incentive a manutenção preventiva

É comum que motoristas deixem para cuidar da manutenção preventiva de seus carros apenas em épocas próximas a feriados prolongados e férias porque vão viajar. Uma boa oportunidade é oferecer esse tipo de serviço e incentivar que seus clientes o façam com maior frequência e não apenas quando viajarão. Isso faz com que sua oficina fique conceituada e seja reconhecida.

Alguns reparos deste tipo são bastante simples, não necessitando de grande mão de obra, tempo ou materiais, portanto uma alternativa para esse incentivo funcionar e atrair mais pessoas para seu negócio é oferecer esses pequenos reparos gratuitamente, principalmente quando feitos em carros de clientes fiéis e que pagam tudo corretamente.

14 – Conte com linhas de financiamento

Caso você esteja começando seu negócio agora, pode ser que você precise recorrer a um financiamento, o que é muito comum e será bastante útil, já que há a necessidade de grandes investimentos em estrutura e maquinário e suas despesas serão altas a princípio.

Procure bancos especializados em desenvolvimento, pois estes costumam oferecer taxas mais competitivas e contam com profissionais sempre prontos para oferecer bons conselhos e um bom direcionamento para o dinheiro que você está pegando emprestado, bem como as melhores maneiras de pagá-lo posteriormente.

15 – Conheça o OnMotor!

Lendo nossas dicas você chegou a pensar, em algum momento, que seria interessante ter um sistema que o ajudasse em todos esses processos?

Se a resposta foi sim, aqui está a solução. O sistema OnMotor surgiu em 2014 com o objetivo de entender melhor os processos operacionais e administrativos de uma oficina mecânica e criar uma plataforma para ajudar na organização diária dos processos de sua oficina.

Foi criado, então, um programa de computador que ajuda a organizar o trabalho de oficinas mecânicas, autoelétricos, funilarias e afins.

O OnMotor, que pode ser o seu Sistema para Oficina, trata-se de uma plataforma online que permite ao cliente mais agilidade nos processos, gerando, então:

  • Grande redução de tempo para cadastramento de dados;
  • Fidelização de clientes, pois o sistema permite que seu cliente acompanhe o serviço que está sendo feito e receber alertas de manutenção preventiva.

Além disso você tem uma visão financeira completa com todo o controle de faturamento e de gastos fixos como aluguel e fornecedores de maneira sempre atualizada. Seu estoque também pode ser controlado por meio de códigos personalizados, que mostram quando é necessário fazer novas compras e repor alguns itens. Por fim, sua equipe também pode acessar seu sistema e você poderá controlar suas permissões e informações que estarão disponíveis.

Gostou dessa ideia? Entre em contato conosco e solicite um orçamento, será um prazer ajudá-lo.

Essas foram nossas dicas de como montar uma oficina mecânica. Não esqueça de deixar sua opinião em nossos comentários.

Até o próximo post!

Deixe uma resposta

Whatsapp - 9h às 18h